Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

TertuliaIgualGenero Mar2018No âmbito do projeto “School of Active Citizens”, a associação juvenil YUPI e o AEG estimularam a reflexão sobre as questões da igualdade de género em formato de tertúlia, que decorreu a 6 de março,  entre as 14.30h  e as 17h, no café concerto da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, aberto a toda a comunidade.

Em mês de comemorações do Dia da Mulher (8 de março), urge debater e entender a escola como um dos lugares centrais de formação de pessoas, de acordo com determinadas convenções estabelecidas social e culturalmente, não se resumindo à transmissão de saberes e conhecimentos. É importante compreender que a escola, assim como a família, os meios de comunicação, a Internet, a associação, o clube, a religião, entre outros espaços sociais, são constituídos e atravessados por representações de género, ao mesmo tempo que produzem e/ou significam essas representações.  A escola pode assim padronizar comportamentos, relações entre os géneros e determinar o lugar dos rapazes e das raparigas na esfera escolar e na sociedade em geral.

Com a presença e abertura pela Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade de Género, Rosa Monteiro e da Vereadora para a Família e Promoção da Igualdade, Sofia Fernandes e várias oradoras convidadas (Ariana Correia - Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação do Porto e associação Plano i; Ana Luísa Abreu e Mafalda Araújo – autoras do livro “Gavetas do mundo – um livro para desarrumar as ideias”; Manuela Guimarães – diretora da escola profissional da Forave, que desenvolveu o projeto GirlsTech), a tertúlia promoveu o debate, reflexão e a (des)construção de estereótipos de género, com o objetivo de garantir reais oportunidades e direitos a meninos e meninas, raparigas e rapazes, homens e mulheres.

A tertúlia teve como motivação de fundo a apresentação do "Guia - Escola Amiga da Igualdade de Género”, coordenado pela investigadora Tamy Rodrigues da associação YUPI e realizado no Agrupamento de Escolas de Gondifelos, como uma ferramenta de trabalho, de reflexão e de ação para uma escola mais consciente, inclusiva e emancipadora.

Este guia surge como um dos produtos intelectuais do projeto "School of Active Citizens", mais precisamente de uma das suas áreas temáticas, nomeadamente na educação para os direitos humanos. O “School of Active Citizens” é um projeto com duração de 36 meses coordenado pela organização YUPI (Portugal), em estreita parceria com o Agrupamento de Escolas de Gondifelos (Portugal), Polónia (Semper Avanti e Zespól Szkól Dwujezycznych), Eslováquia (Agentúra pre rozvoj Gemera e Evanjelické Gymnázium) e Roménia (Asociatia Feed-back PM-Brasov e Colegiul Tehnic Transilvania Brasov).

As As intervenções finais da tertúlia ficaram a cargo de Vítor Dias (Diretor Regional Norte do IPDJ) e Manuel Albano (Diretor de Serviços da Delegação Norte da CIG).

Parabéns também aos alunos do AEG que trouxeram ao encontro os momentos culturais de grande qualidade (teatro e poesia).

Participe! 


(conheça o programa clicando na imagem)
Abordando uma temática que é de grande relevância no atual contexto da evolução do sistema educativo, é importante a participação de toda a comunidade educativa para o processo de melhoria do serviço que prestamos.

I-City em Badajoz 

O i-City leva mais 8 alunos
a intercâmbio com escolas
de Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra,
entre 12 e 18 de Maio.

Na construção da cidade virtual, vão estudar-se as necessidades e o fornecimento dos recursos necessários e as fontes de energia a explorar.

RESUMO DO DIÁRIO

Dia 12
Viagem de avião até Lisboa onde se encontraram com os outros parceiros para a viagem de autocarro até Badajoz.

Dia 13
Organização, trabalho de grupo e conhecimento da cidade.

Dia 14
A passear (Barcarrota) e a jogar (outdoor e energias renováveis) também se aprende.

Dia 15
Continuando a construção da cidade virtual e explorando os trabalho dos diferentes grupos (entre os quais o do AEG - na foto)

Dia 16
Um pézinho em Portugal: exploração da barragem do Alqueva e respetiva albufeira - Energia Hidroelétrica.

Dia 17
Ouvindo os investigadores das fontes de energia renováveis, na Universidade da Extremadura.

dia 18
O regresso: cansados, mas satisfeitos, realizados e agradecidos! 

ACOMPANHA CLICANDO AQUI

O AEG participou no concurso "Escola Alerta 2019"

Veja aqui (clique abaixo):

- a memória descritiva;

- o trabalho realizado.

Porque não se vota?! 

O Clube Europeu AEG, convidou uma amostra dos eleitores residentes da comunidade envolvente a responder a um questionário para apurar as taxas da eventual participação nestas eleições

Conheça aqui os resultados.

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 15 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top