Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O AEG está apostado em encontrar as melhores soluções contextualizadas para a implementação dos decretos-lei 54 e 55 de 2018, normativos que orientam a ação das escolas respetivamente no âmbito das medidas de suporte à aprendizagem e inclusão e da flexibilização do currículo.

Assim,  aproveitou a interrupção letiva para promover um trabalho colaborativo entre todos os docentes do Agrupamento no sentido de refletir sobre o ponto da situação do trabalho desenvolvido até ao momento.

Depois da análise que foi possível fazer destes documentos legais no final do ano letivo transato, face à publicação tardia dos mesmos para a preparação do arranque do ano agora em curso, o AEG e todas as outras escolas do país tiveram, logo na altura, que tomar algumas decisões apressadas para operacionalizar as alterações que os mesmos impunham para este ano letivo.
Só com o trabalho do início do ano foi possível aos professores tornarem a apropriação destes documentos mais efetiva, nomeadamente, através de uma discussão das noções teóricas e das implicações pedagógicas que, quer um (inclusão e sucesso) quer o outro (flexibilização curricular), trazem para a prática docente.
Assim, neste momento e depois de um período de trabalho, foi altura de aprofundar o balanço do “estado da arte” que já havia sido iniciado nos órgãos de articulação curricular. Através do trabalho em equipas de professores de diferentes áreas disciplinares, o Agrupamento procurou refletir sobre os princípios inerentes a esta nova filosofia de trabalho, as estratégias implementadas e sobre as que seriam ainda de operacionalizar ao longo deste ano, para uma mais eficaz (com resultados) e eficiente (com os recursos disponíveis) abordagem à promoção das aprendizagens dos alunos e à superação das suas dificuldades.
Não sendo trabalho especificamente novo, pois são preocupações que desde sempre marcam a atuação dos professores e do AEG, agora assume novos contextos, face ao novo perfil pretendido para o aluno que conclui a escolaridade obrigatória e tendo em consideração a definição das aprendizagens essenciais a desenvolver no seio de cada disciplina.
No final deste trabalho de reflexão conjunta, os docentes manifestaram-se mais confiantes na mobilização das suas competências profissionais para dar continuidade à necessária política de alteração de práticas com vista a termos alunos mais capazes de tomar consciência dos diferentes aspetos das realidades que os circundam, nesta aldeia global em que vivemos e de se tornarem verdadeiros cidadãos ativos na definição e construção do seu projeto de vida e na melhoria dos contextos socioeconómicos em que vivem.

Sem telefones! 

Estamos com um problema
grave nos telefones.
Se não nos conseguir ligar,
pedimos que nos contacte
através do mail da Direção
(direcao@aegondifelos.pt)
ou dos serviços administrativos
(secretaria@aegondifelos.pt).
Obrigado.

Acompanha o i-City! 

Foi uma semana em cheio
com os nossos parceiros
(Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra)
Obrigado a todos quanto
colaboraram ou contribuiram
para que isto fosse possível

VÊ ABAIXO RESUMO
DAS ATIVIDADES REALIZADAS
(10 a 16 de março)

Dia 16 de março

Dia de fortes emoções,
corações apertados e
olhos nublados,
trocam-se abraços
e promessas de contactos.
As famílias acolhedoras
levam os parceiros
ao aeroporto e a
saudade já se sente no ar.

Dia 15 de março

Neste dia de encerramento,
concluiu-se a parametrização
da cidade virtual,
promoveram-se trocas
de experiências pedagógicas,
fez-se a avaliação desta
fase do projeto, preparou-se
o sarau cultural, que fechou o
dia e o trabalho em beleza.

Dia 14 de março

Manhã para preparação das
conclusões do trabalho de
urbanismo virtual e questões
para responsáveis autárquicos,
relacionadas com temática do
projeto, que foram respondidas
de tarde na Casa da Juventude
na receção da CMVNF, que
abriu 
peddy paper pela cidade.

Dia 13 de março

Visita turística ao Porto
para analisar os cuidados a ter
na organização urbana,
através de uma visita guiada
evidenciando os traços
do crescimento da cidade,
havendo tempo para uma visita
às caves do Vinho do Porto e
para um pequeno cruzeiro.

Dia 12 de março

O tempo nublado não ajudou
mas o grupo cumpriu.
A manhã foi de muito trabalho
e a tarde foi dedicada
a visitas a empresas
(de apoio social e de
processamento alimentar),
terminando com uma ida
à praia da Póvoa de Varzim.

Dia 11 de março

Foi um dia muito preenchido,
com o acolhimento,
o reconhecimento da escola,
as primeiras 
atividades
da construção 
da
cidade virtual

da visita pedestre a Gondifelos,
no fim foi a festa com um
jantar familiar de receção.

Dia 10 de março

Com grandes tribulações,
mas todos a chegar ao destino.
@s primeir@s a aterrar
foram @s italian@s,
logo seguido d@s turc@s.
De tarde chegaram
@s ingeleses/as e ao
final do dia 
@s romen@s
@s espanhóis/las.

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

 

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

Memórias 

memorias

Jornal Escolar 

asas mar2018

Nº 6 - março 2018

asas dez2018

Nº 7 - dezembro 2018

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 76 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top