Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

A acontecer

Contratação

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Com o intuito de ultimar a preparação para a fase 1 do Projeto I-City, a começar já no dia 11 de novembro com a partida para Roma, os alunos visitaram a Casa do Território no Parque da Devesa.

Esta visita dos membros do Cube Europeu AEG, entre os quais se contam os participantes no primeiro intercâmbio do Projeto Erasmus+ i-City, complementou a apresentação da Dra. Felisbela Leite, no passado dia 6 de novembro, sobre a história da fixação de população e a evolução das povoações no passado no concelho de Vila Nova de Famalicão. A visita à reserva do Gabinete de Arqueologia permitiu a observação in loco de objetos arqueológicos e outros encontrados na região de Famalicão, nomeadamente no Castro de Penices, no Castro das Eiras, no Castro da Boca e noutros. Estes fragmentos estão devidamente inventariados, havendo fragmentos do Castro da Boca (Vale de S. Cosme – S. Martinho) que estão a ser recolhidos há 10 anos e peças com mais de 3000 anos.
Citando as notas de alguns dos membros do clube: (A Dra. Felisbela) “Mostrou-nos várias coisas que encontraram no Castro de Penices e uma maqueta de um mapa com vários lugares onde se encontram os lugares arqueológicos da zona.” Disse ainda que “A primeira ‘cidade’ foi o Castro das Eiras. A influência (desta cidade) contribuiu para o urbanismo Romano em Famalicão”. Destacaram ainda a Pedra Formosa, muito trabalhada e considerada a joia da coroa da arqueologia de Famalicão e que veio precisamente do Castro das Eiras.
A observação destes testemunhos físicos ajuda, sem dúvida, a conhecer melhor e a enquadrar a forma como, ao longo da história, as populações que habitaram o território do concelho viveram, se organizaram e foram encontrando soluções para garantir a sobrevivência e o bem-estar. Por tudo isto, esta atividade foi mais um contributo para a reflexão a que somos convidados com o Projeto Erasmus+ i-City.

Sem telefones! 

Estamos com um problema
grave nos telefones.
Se não nos conseguir ligar,
pedimos que nos contacte
através do mail da Direção
(direcao@aegondifelos.pt)
ou dos serviços administrativos
(secretaria@aegondifelos.pt).
Obrigado.

Acompanha o i-City! 

Foi uma semana em cheio
com os nossos parceiros
(Espanha, Itália, Turquia,
Roménia e Inglaterra)
Obrigado a todos quanto
colaboraram ou contribuiram
para que isto fosse possível

VÊ ABAIXO RESUMO
DAS ATIVIDADES REALIZADAS
(10 a 16 de março)

Dia 16 de março

Dia de fortes emoções,
corações apertados e
olhos nublados,
trocam-se abraços
e promessas de contactos.
As famílias acolhedoras
levam os parceiros
ao aeroporto e a
saudade já se sente no ar.

Dia 15 de março

Neste dia de encerramento,
concluiu-se a parametrização
da cidade virtual,
promoveram-se trocas
de experiências pedagógicas,
fez-se a avaliação desta
fase do projeto, preparou-se
o sarau cultural, que fechou o
dia e o trabalho em beleza.

Dia 14 de março

Manhã para preparação das
conclusões do trabalho de
urbanismo virtual e questões
para responsáveis autárquicos,
relacionadas com temática do
projeto, que foram respondidas
de tarde na Casa da Juventude
na receção da CMVNF, que
abriu 
peddy paper pela cidade.

Dia 13 de março

Visita turística ao Porto
para analisar os cuidados a ter
na organização urbana,
através de uma visita guiada
evidenciando os traços
do crescimento da cidade,
havendo tempo para uma visita
às caves do Vinho do Porto e
para um pequeno cruzeiro.

Dia 12 de março

O tempo nublado não ajudou
mas o grupo cumpriu.
A manhã foi de muito trabalho
e a tarde foi dedicada
a visitas a empresas
(de apoio social e de
processamento alimentar),
terminando com uma ida
à praia da Póvoa de Varzim.

Dia 11 de março

Foi um dia muito preenchido,
com o acolhimento,
o reconhecimento da escola,
as primeiras 
atividades
da construção 
da
cidade virtual

da visita pedestre a Gondifelos,
no fim foi a festa com um
jantar familiar de receção.

Dia 10 de março

Com grandes tribulações,
mas todos a chegar ao destino.
@s primeir@s a aterrar
foram @s italian@s,
logo seguido d@s turc@s.
De tarde chegaram
@s ingeleses/as e ao
final do dia 
@s romen@s
@s espanhóis/las.

Links Educativos 

 

RoteiroMinas1

 

 

 

metis

JuventudeCMVNF

 

 

 

FundacaoJuventude

 

 

 

 

 

Memórias 

memorias

Jornal Escolar 

asas mar2018

Nº 6 - março 2018

asas dez2018

Nº 7 - dezembro 2018

Revista PAA 

revista2017 2018

Login

Online 

Temos 25 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top