Agrupamento de Escolas de Gondifelos

Informações

Ferramentas

Blogs

Galeria Fotos

Contratação

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), com o apoio da LeYa Educação, lançou uma iniciativa que visa distinguir Escolas Amigas da Criança, por conceber e concretizar ideias extraordinárias, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz da criança no espaço escolar.

 

No âmbito desta iniciativa, a CONFAP convidou todas as escolas portuguesas, públicas ou privadas, do ensino pré­escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos de ensino básico e do ensino secundário, a dar a conhecer as suas ideias extraordinárias e a obter o selo Escola Amiga da Criança.

O Agrupamento de Escolas de Gondifelos concorreu e viu distinguido com este selo o projeto “Mais tempo, Melhor tempo”, que tem implementado desde há vários anos, procurando que o tempo de prolongamento para além da componente letiva do Pré-escolar seja mais enriquecedor para as crianças a frequentar os seus Jardins de Infância.

O programa que proporciona “mais tempo e melhor tempo” de permanência das crianças no Jardim de Infância, não tem qualquer custo acrescido para qualquer das famílias que tem necessidade de recorrer a este serviço, graças a um financiamento específico da Junta de Freguesia do território educativo, e desenvolve-se em três das cinco tardes de cada semana, permitindo que os alunos saiam das rotinas dos seus jogos e brincadeiras habituais e desenvolvam, numa tarde, trabalhos no atelier das artes plásticas, noutra, competências diferentes no workshop de musicalidades e que, na terceira, vão para as atividades de natação.

Note-se que a contratação destes serviços é criteriosa e que o Agrupamento mantém um acompanhamento constante do trabalho desenvolvido para garantir que o bom nome das entidades contratadas (uma escola de artes de renome, uma associação cultural e um spa club de grande projeção) se reflita efetivamente no bem-estar e desenvolvimento dos alunos, assegurando que esse tempo é também uma oportunidade para um verdadeiro complemento às atividades desenvolvidas ao longo do dia, com as respetivas educadoras de infância.

O projeto surge dado que a componente de apoio à família, prevista legalmente para o pré-escolar, não oferece, em regra, um serviço capaz de assegurar a qualidade desejada, para um projeto a concretizar cinco dias em cada semana, nomeadamente pela indisponibilidade de recursos humanos em número e competência para a implementação de um projeto diário, ainda que sob coordenação/orientação das respetivas educadoras de infância. O financiamento destes serviços, normalmente afetos às autarquias, com a correspondente comparticipação dos encarregados de educação, não permite a aquisição dos materiais e equipamentos desejáveis nem a contratação de pessoal específico para este efeito e as atividades implementadas, acabam por não ser acompanhadas devidamente e começam a cair numa rotina pouco construtiva para as muitas crianças que frequentam este serviço (no AEG a quase totalidade) e que muitas vezes estão no Jardim de Infância entre as 08:00h da manhã e as 06:30h da tarde, quando não mais.

O Projeto só é possível implementar com a preciosa colaboração da Junta de Freguesia (antes de Gondifelos, Cavalões e Outiz e agora da União de Freguesias correspondente), a quem o Agrupamento sensibilizou para este problema das famílias deste território, dando a resposta que os pais precisam, para assegurar o acompanhamento das suas crianças, em particular o das mais novas, face à imperatividade e inflexibilidade dos horários dos seus empregos por conta de outrem e da reduzida capacidade do background familiar.

A preparação do Projeto começa, em cada ano escolar, por uma reunião da Direção com as entidades prestadoras dos serviços e, depois, dos respetivos monitores com cada uma das educadoras de infância, para se planificar o trabalho a desenvolver, formas de avaliação e oportunidades de apresentação de resultados à escola e aos pais dos alunos, passando por assistência pontual a atividades, demonstrações em espetáculos, exposições e por relatórios no final de cada período, para além da supervisão das atividades.

Assim, pensamos que juntamos o útil ao agradável e que fazemos por cumprir um dos princípios da visão do nosso Projeto Educativo e que consagra “um brilho no olhar” de cada elemento da comunidade educativa, neste caso dos nossos mais pequenos alunos.

YUPI e AEG em ação! 

Conhece aqui a nova atividade em que participarão alguns dos alunos mais ativos na Sala Mais e nas atividades de cidadania ativa.

Memórias 

memorias

Jornal Escolar 

asas5 dez2017

Nº 5 - dezembro 2017

asas mar2018

Nº 6 - março 2018

Login

Online 

Temos 50 visitantes e 0 membros em linha

Scroll to top